Certificado de Qualidade
ISO 9001
Sistema de Gestão Ambiental
baseado na ISO 14001
sac@grupodb.com.br
Entre em contato conosco

Cal

Não tem substituto!

Cal Hidráulica DB

Cal Hidratada CH-II DB

CV-C CAL VIRGEM COMUM DB

A tecnologia mais perfeita que existe é a mãe natureza

A cal é um dos aglomerantes mais antigos utilizados pelo homem. Gregos e romanos já a empregavam em suas construções. É um produto resultante da calcinação de rochas calcárias, em fornos especiais com temperatura entre 900°C e 1100°C.

A cal pode ser classificada em cal aérea e cal hidráulica, conforme o processo de endurecimento das argamassas.

Cal aérea:
é a cal mais comum encontrada no mercado. Endurece em contato com o ar por recarbonatação dos óxidos, ao absorver C02 (gás carbonico).

Cal hidráulica: é um produto intermediário entre a cal
aérea e o cimento, sendo que o endurecimento ocorre tanto pelo contato com a água como pelo contato com o ar. Pode ser natural quando proveniente da calcinação de rochas calcárias argilosas ou silicosas, ou artificial pela mistura de determinados tipos de cinza mineral.

As principais vantagens no uso da cal DB em argamassas

A Cal DB confere às argamassas uma qualidade superior, proporcionando importantes e definitivas características

– Maior facilidade para trabalhar: melhor plasticidade, consistência, retenção de água e coesão interna.
– Melhor aderência: melhores ancoragens macro e microscópicas.
– Melhor resiliência: maior capacidade de absorver deformações.
– Maior eficiência: melhor relação custo x benefício.
– Maior impermeabilidade: à água e permeabilidade ao vapor d’água.
– Maior durabilidade.

Dicas para garantir a qualidade nas argamassas

– Use água limpa, isenta de impurezas.
– Use areia pura, com granulometria regular de acordo com cada etapa da obra, isenta de matérias orgânicas e outras impurezas.
– Use medidas padrão para dosar os elementos que compõem a argamassa (cimento, cal e areia). Pode ser caixa, balde ou lata, mas use sempre a mesma medida para todos os elementos.
– A dosagem de cimento pode variar de acordo com a temperatura e a umidade do ar.
– Excesso de cimento prejudica a aderência, pois “puxa” muito rápido e rompe a ancoragem dos poros.